tumores
Novidades no tratamento do câncer de mama
Foi realizada uma pesquisa que indica o uso de novas medicações no tratamento do câncer de mama metastático em mulheres cujos tumores apresentam receptores hormonais....
Mais dados em favor de Trastuzumabe adjuvante para câncer de mama Her2+
Nova publicação combinada de dois estudos já conhecidos documenta benefício da administração de Trastuzumabe por um ano no tratamento adjuvante de mulheres com câncer de mama Her2+.  Na publicação, as pacientes já vem sendo seguidas em média por 4 anos, e o Trastuzumabe continua proporcionando uma redução do risco de morte por câncer de mama de 39% (em números absolutos, para cada 100 pacientes que recebem a medicação, sete deixarão de morrer pela doença graças à medicação). No contexto de uma doença com prognóstico pior por conta da proteína Her2, esta terapia deve fazer parte do tratamento de todas as...
Sobrepeso prejudica eficácia da hormonioterapia
Já é conhecido o fato de que a obesidade está associada a um pior prognóstico do câncer em mulheres com doença metastática. Isto provavelmente se deve ao fato de que a maioria destas mulheres apresenta tumores que crescem com o estímulo do estrógeno, e o estrógeno parece estar aumentado nas mulheres menopáusicas obesas em comparação com as de peso adequado. Em mulheres que ainda não estão na menopausa, a origem do estrógeno são os ovários. Bloqueando a função ovariana e acrescentando seja Tamoxifeno (tratamento tradicional) seja Anastrazol (um inibidor de aromatase), um grupo austríaco avaliou se a obesidade influenciava a...
Esvaziamento axilar pode não mais ser necessário
Um conceito relacionado ao tratamento cirúrgico do câncer de mama está sendo revisto. Há décadas se tem o conceito de que havendo um ou mais linfonodos comprometidos por câncer na axila, este comprometimento indicaria obrigatoriamente o esvaziamento do restante dos gânglios na axila. Este conceito passa agora a ser questionado. O estudo em questão mostrou que para mulheres com tumores dentro de determinadas características (tumores <5 cm, axila sem gânglios palpáveis), mesmo documentando que o linfonodo sentinela está comprometido, esvaziar a axila, além de proporcionar o tratamento radioterápico, hormonal e quimioterápico, não é necessariamente melhor do que apenas proporcionar estas modalidades não...
Quimioterapia
Introdução e contexto da Quimioterapia Existe, nos dias de hoje, um grande leque de opções de tratamento para o câncer de mama. Para cada tipo e estadio da doença (extensão da doença), são várias as opções. Esta variedade de modalidades de tratamento pode parecer confusa ao paciente, mas segue regras bastante claras que norteiam o tratamento de cada paciente. O princípio da terapia curativa do câncer de mama é a cirurgia. Embora a cirurgia não necessariamente tenha de ser o primeiro tratamento, sempre que houver intenção de cura, a cirurgia deve fazer parte do tratamento. Em determinadas situações, dependendo do...
Terapia anti-Her-2
Terapia anti-Her2 (Trastuzumabe, Lapatinibe, Pertuzumabe e T-DM1) é utilizada em todas as pacientes cujos tumores são maiores que meio centímetro e que tenham um aumento na chamada expressão de Her-2 (aumento da proteína na superfície da célula ou aumento na quantidade do gene Her-2 no núcleo das células). A hiperexpressão de Her-2 é observada em aproximadamente 20% das pacientes com câncer de mama. Embora estes tumores sejam mais agressivos, estas pacientes se beneficiam da existência de um alvo terapêutico e da disponibilidade de uma terapia-alvo. Para estas pacientes, a terapia anti-Her-2 é obrigatória, seja na adjuvância (tratamento pós-operatório para tentar...
Mamografia entre os 40 e 49 anos ajuda a salvar vidas
Novo estudo reforça a informação de que mamografia realizada entre os 40 e 49 anos de idade ajuda a salvar vidas. O estudo, feito na Inglaterra com 6710 mulheres que tinham uma história de câncer na família, realizou mamografias anuais por 4 anos. O resultado mostrou serem necessárias cinco mil mamografias para evitar uma morte por câncer de mama. Além de diminuir as mortes, o estudo mostrou que pacientes submetidas a mamografias eram diagnosticadas com tumores em estágios mais iniciais. Referência: Lancet Oncol 2010; 11: 1127–34...
1