tratamento do câncer
Grandes novidades no tratamento do câncer de mama nos próximos anos
O avanço da ciência faz com que verdades sobre o tratamento em uma época deixem de ser verdades, e novas verdades melhores,e também temporárias, surjam para ajudar aos pacientes com câncer. No tratamento do câncer de mama, estão ocorrendo algumas mudanças, que se tornarão, muito provavelmente, padrões de tratamento em futuro próximo: A necessidade obrigatória de esvaziamento axilar (retirada de todos os linfonodos da axila) quando a pesquisa do linfonodo sentinela resulta comprometido por doença está deixando de ser obrigatória, em casos selecionados. Assim, mulheres cujos tumores sejam pequenos e que apresentem expressão de receptores hormonais, e nas quais não...
Câncer de mama no homem
Embora raro, o câncer de mama pode, sim, afetar os homens. Câncer de mama em homens representa menos de 1% do total de casos de câncer de mama. O câncer de mama nos homens é diagnosticado com base em uma alteração na mama, geralmente notada pelo próprio paciente, já que não existe rastreamento de câncer de mama em homens. A maioria dos aspectos do câncer de mama no homem são parecidos com o que se observa nas mulheres, de modo que encorajamos o leitor a ler o blog inteiro, além deste texto explicativo. Fatores de risco de câncer de mama...
Qualidade de vida no paciente com câncer
A rádio CBN realizou uma entrevista com o doutor Rafael Kaliks, médico oncologista do Hospital Albert Einstein, sobre a qualidade de vida no tratamento do paciente com câncer. Ouça aqui a entrevista completa....
Tratamento oral contra o câncer
A rádio CBN entrevistou o doutor Rafael Kaliks, médico oncologista do Hospital Albert Einstein e diretor científico do Instituto Oncoguia, a respeito do uso de medicamentos orais no tratamento contra o câncer. Ouça aqui a entrevista....
A relação entre estresse e câncer
O doutor Rafael Kaliks, médico oncologista do hospital Albert Einstein, comenta a relação do estresse com o câncer na rádio CBN. Segundo pesquisas realizadas com pacientes, os que demonstravam maior nível de estresse possuíam uma predisposição a um agravamento da doença. Ouça aqui a entrevista completa....
Revista CBN fala sobre o câncer
A rádio CBN recebe o oncologista Rafaek Kaliks em seu estúdio para falar sobre o câncer. Leia aqui a matéria completa....
Novo estudo tem potencial para mudar forma como se trata câncer de mama
A publicação de um estudo na conceituada revista científica Journal of the American Medical Association (JAMA) em 09 de fevereiro deste ano, questiona a validade de um paradigma no tratamento do câncer de mama que já dura algumas décadas. O dogma que prega a retirada dos gânglios das axilas quando o tumor houver se espalhado para esses gânglios passa agora a ser questionado. Mas para contextualizar esta nova informação que agora surge, temos de olhar para o que vem ocorrendo ao longo das últimas décadas em relação ao tratamento do câncer de mama. Inicialmente, o tratamento cirúrgico era a única...
Sim, o câncer tem cura
Em meio à sensação de choque percebida pela maioria dos pacientes, queremos que você entenda que o câncer pode ser curado em muitos casos (muitos mesmo), tem tratamento na grande maioria deles, e que há sempre algo que pode ser feito para ajudar o paciente a passar pela doença e seu tratamento....
Ácido Zoledrônico controverso na adjuvância
Ácido Zoledrônico é uma medicação que ajuda a evitar progressão óssea do carcinoma de mama metastático. Seu uso, em conjunto com o tratamento hormonal adjuvante em mulheres jovens (ou seja, em mulheres sem evidência de metástases) vem sendo defendido por um grupo austríaco, porém, dados de outros grupos não confirmam o benefício nesta população. Em face dos dados publicados até o momento, a sua utilização em mulheres sem metástases não pode ser defendida como uma medida padrão para reduzir o risco de recidiva. A medicação mantém sua utilidade no tratamento da osteoporose....
Onde devo me tratar
Uma pergunta que deve ser respondida antes de proceder com qualquer tratamento é: onde devo me tratar. O tratamento do câncer deve ser conduzido por profissionais e em centros com capacitação adequada. Um clínico geral não tem competência para prescrever quimioterápicos. Um cirurgião geral sem o devido treinamento também não tem habilidade para operar um caso de câncer de maneira adequada. Se a cirurgia for realizada em um hospital público (SUS), a paciente deve se informar quem é o médico responsável pelo seu caso. Não é aceitável que não haja um médico responsável, mesmo em se tratando de um hospital escola,...
1