prevenção
Combate ao câncer
No Dia Internacional de Combate ao Câncer, a rádio CBN recebe o médico oncologista do Hospital Albert Einstein Rafael Kaliks para uma entrevista sobre a prevenção do câncer e o combate a esta doença. Ouça aqui a matéria completa....
A relação entre estresse e câncer
O doutor Rafael Kaliks, médico oncologista do hospital Albert Einstein, comenta a relação do estresse com o câncer na rádio CBN. Segundo pesquisas realizadas com pacientes, os que demonstravam maior nível de estresse possuíam uma predisposição a um agravamento da doença. Ouça aqui a entrevista completa....
Revista CBN fala sobre o câncer
A rádio CBN recebe o oncologista Rafaek Kaliks em seu estúdio para falar sobre o câncer. Leia aqui a matéria completa....
40 ou 50 anos: quando iniciar a mamografia?
Acima da polêmicas do meio médico, há uma verdade que prevalece: a mamografia ainda é o melhor caminho para prevenir o câncer de mama. Portanto, o quanto antes melhor....
Quem procurar
Uma mulher que queira prevenir o câncer de mama deve, antes de mais nada, ter um médico (ginecologista, mastologista, geriatra) com o qual possa discutir esta preocupação. Com base na idade da paciente, na sua história familiar, e na presença e gravidade de outras doenças que ela possa ter, este médico pode propor estratégias diferentes de prevenção. Em linhas gerais, porém, a prevenção consiste em: Exame anual das mamas por um profissional de saúde; Mamografia anual ou bianual, a partir dos 40 anos de idade (em mulheres com risco equivalente ao da população geral). Para mulheres identificadas como tendo um risco...
Que exames podem ser feitos na prevenção?
A prevenção do câncer de mama pode ser dividida em prevenção primária e secundária. Prevenção primária é tudo o que pode ser feito para evitar o desenvolvimento de um câncer (ver o item Como Diminuir). Prevenção secundária consiste na realização de testes ou exames que possam detectar precocemente um câncer já instalado, uma lesão pré-maligna, ou ainda identificar uma lesão que indique um risco aumentado de a paciente desenvolver um câncer no futuro. Com base nestes exames que detectam lesões de risco, lesões pré-malignas e/ou lesões cancerosas em fase precoce, é possível intervir terapeuticamente, curando potencialmente a quase totalidade das pacientes. Entre as...
Quem procurar
Diversas situações podem fazer com que uma paciente se pergunte quem é o profissional que ela deve procurar. Damos abaixo algumas recomendações: Paciente que sente alguma alteração nova na mama Deve procurar o ginecologista que a conheça, ou um mastologista. Deve sempre levar consigo, para a consulta, as últimas mamografias. Esta consulta deve ocorrer dentro de, no máximo, uma a duas semanas, e de maneira alguma a paciente deve esperar pela próxima consulta de rotina. Mulher com parente(s) de primeiro grau com câncer de mama e/ou ovário antes dos 50 anos de idade, ou com história de homem com câncer...
Como diminuir o risco de desenvolver câncer de mama
A prevenção do câncer de mama pode ser dividida em três partes: Prevenção primária: tudo aquilo que pode ser feito para evitar a ocorrência do câncer Prevenção secundária: diagnóstico precoce e prevenção da recorrência (recidiva) Prevenção terciária: medidas para minimizar o impacto da doença já estabelecida, na qualidade de vida das pessoas. Abordaremos aqui apenas a prevenção primária e secundária. Prevenção primária O câncer de mama é em parte decorrente de uma série de fatores de risco: Idade avançada Predisposição genética hereditária História familiar Menarca (primeira menstruação) precoce e menopausa tardia Radioterapia prévia na região do tórax Mamas mais densas Obesidade...
Diagnóstico do câncer de mama
O diagnóstico de câncer de mama somente pode ser estabelecido mediante uma biópsia de área suspeita que seja analisada por um patologista e laudada como sendo um câncer. A realização desta biópsia, no entanto, somente ocorre em face de alguma alteração suspeita (seja no exame físico, seja na mamografia). Quando a paciente ou o médico encontram alterações ao exame físico, são solicitados exames adicionais como mamografia (um raio X das mamas) e/ou um ultrassom das mamas. Além disso, mulheres sem alterações ao exame das mamas podem ter alterações detectadas na mamografia de rotina, que deve ser realizada em todas as mulheres...
1