paciente
Câncer de mama no homem
Embora raro, o câncer de mama pode, sim, afetar os homens. Câncer de mama em homens representa menos de 1% do total de casos de câncer de mama. O câncer de mama nos homens é diagnosticado com base em uma alteração na mama, geralmente notada pelo próprio paciente, já que não existe rastreamento de câncer de mama em homens. A maioria dos aspectos do câncer de mama no homem são parecidos com o que se observa nas mulheres, de modo que encorajamos o leitor a ler o blog inteiro, além deste texto explicativo. Fatores de risco de câncer de mama...
A relação entre estresse e câncer
O doutor Rafael Kaliks, médico oncologista do hospital Albert Einstein, comenta a relação do estresse com o câncer na rádio CBN. Segundo pesquisas realizadas com pacientes, os que demonstravam maior nível de estresse possuíam uma predisposição a um agravamento da doença. Ouça aqui a entrevista completa....
Consulta com seu oncologista
A primeira consulta tem por objetivo permitir ao médico estabelecer um vínculo com o paciente e sua família e, ao mesmo tempo, fornecer ao médico informações clínicas importantes durante a conversa e exame clínico do doente. Serve também para que o médico possa analisar exames que o paciente porventura já tenha feito....
Sim, o câncer tem cura
Em meio à sensação de choque percebida pela maioria dos pacientes, queremos que você entenda que o câncer pode ser curado em muitos casos (muitos mesmo), tem tratamento na grande maioria deles, e que há sempre algo que pode ser feito para ajudar o paciente a passar pela doença e seu tratamento....
Mais dados em favor de Trastuzumabe adjuvante para câncer de mama Her2+
Nova publicação combinada de dois estudos já conhecidos documenta benefício da administração de Trastuzumabe por um ano no tratamento adjuvante de mulheres com câncer de mama Her2+.  Na publicação, as pacientes já vem sendo seguidas em média por 4 anos, e o Trastuzumabe continua proporcionando uma redução do risco de morte por câncer de mama de 39% (em números absolutos, para cada 100 pacientes que recebem a medicação, sete deixarão de morrer pela doença graças à medicação). No contexto de uma doença com prognóstico pior por conta da proteína Her2, esta terapia deve fazer parte do tratamento de todas as...
Onde buscar mais informações
Há diversas fontes de informação que podem ajudar nossos pacientes nas mais diversas situações. Segue abaixo uma lista com algumas delas: www.oncoguia.org.br Portal completo com todo tipo de informação sobre o câncer, direitos dos pacientes, entrevistas com médicos e outros pacientes. www.cancernet.gov Portal em inglês, extraordinário, com versão de texto para pacientes e para médicos. www.medintegrativa.com.br Portal com informações sobre medicina integrativa e complementar. Conteúdo rigorosamente avaliado por colega dedicado à especialidade. www.silviobromberg.com.br Página de colega mastologista, com informações gerais extremamente importantes. http://www1.inca.gov.br/vigilancia/ Portal do Instituto Nacional do Câncer, contém as estatísticas oficiais do Ministério da Saúde no que tange...
Medicina Complementar
Medicina Integrativa e Complementar vem fazendo parte, cada vez mais, da abordagem multiprofissional do paciente com câncer. O conceito de integrar a medicina convencional com o melhor e mais seguro da medicina complementar beneficia significativamente pacientes com câncer de mama. Diversas modalidades de terapias complementares como acupuntura e meditação já são icorporadas por grandes instituições. Sugerimos a leitura do conteudo das páginas abaixo: http://www.medintegrativa.com.br/medicina_integrativa.html http://www.einstein.br/pagina-einstein/paginas/massagens-fitoterapia-acupuntura-sao-as-praticas-complementares-se-integrando-aos-tratamentos-medicos.aspx...
Que exames podem ser feitos na prevenção?
A prevenção do câncer de mama pode ser dividida em prevenção primária e secundária. Prevenção primária é tudo o que pode ser feito para evitar o desenvolvimento de um câncer (ver o item Como Diminuir). Prevenção secundária consiste na realização de testes ou exames que possam detectar precocemente um câncer já instalado, uma lesão pré-maligna, ou ainda identificar uma lesão que indique um risco aumentado de a paciente desenvolver um câncer no futuro. Com base nestes exames que detectam lesões de risco, lesões pré-malignas e/ou lesões cancerosas em fase precoce, é possível intervir terapeuticamente, curando potencialmente a quase totalidade das pacientes. Entre as...
Reconstrução mamária
A cirurgia da mama, seja ela uma setorectomia, seja ela uma mastectomia, causa uma alteração significativa na mama, que na grande maioria dos casos pode e deve ser amenizada. A alteração da anatomia da mama tem implicações não só estéticas, mas psicológicas e funcionais óbvias. Neste contexto, exceto em casos em que a setorectomia é muito pequena em relação ao tamanho da mama, ou em casos em que a mulher manifesta não querer proceder com reconstrução mamária, se faz necessária uma intervenção cirúrgica plástica. Este componente estético da cirurgia nunca deve comprometer o componente oncológico da cirurgia. De fato, frequentemente o profissional...
Onde devo me tratar
Uma pergunta que deve ser respondida antes de proceder com qualquer tratamento é: onde devo me tratar. O tratamento do câncer deve ser conduzido por profissionais e em centros com capacitação adequada. Um clínico geral não tem competência para prescrever quimioterápicos. Um cirurgião geral sem o devido treinamento também não tem habilidade para operar um caso de câncer de maneira adequada. Se a cirurgia for realizada em um hospital público (SUS), a paciente deve se informar quem é o médico responsável pelo seu caso. Não é aceitável que não haja um médico responsável, mesmo em se tratando de um hospital escola,...
1